Sua Majestade, O Bardo

Minha foto
Valença, Bahia, Brazil
Escritor e Professor de Literaturas Anglófonas. Autor do livro "Estrelas no Lago" (Salvador: Cia Valença Editorial, 2004) e coautor de "4 Ases e 1 Coringa" (Valença: Prisma, 2014). Licenciado em Letras/Inglês pela UNEB-Campus Salvador. Falando de mim em outra forma: "Aspetti, signorina, le diro con due parole chi son, Chi son, e che faccio, come vivo, vuole? Chi son? chi son? son un poeta. Che cosa faccio? scrivo. e come vivo? vivo."

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Viola de Minha Terra

Viola de Minha Terra

Vera Cruz (Praia do Sol); 21 de dezembro de 2013 (02h12)

Tenho a viola e todos os amores do mundo.
Tenho nos meus dedos o futuro de uma nação
E o sorriso de uma mulher,
As sementes de um sonho incerto
E as riquezas de minha pátria.
Tenho em meu sorriso uma seresta das estrelas
Que eu construí entre a enxada e as lágrimas.
E por ter minhas mãos abençoadas pela terra,
Minha viola teimosamente canta essa alegria dura.
Canto com meus dedos rachados pelo trabalho
E meus olhos sinceros, feliz por ser humano…

Era uma vez um tablet

Era uma vez um tablet que resolveu ressuscitar. Depois de misteriosamente deixar de funcionar (e por passar quase um ano esquecido dentro do armário), eis que, do nada, ressuscitou do limbo. Voltou a funcionar e assim o escritor retornou ao seu mister de brincar com as palavras...

Caminho entre as Ondas

Caminho entre as Ondas

Vera Cruz (Praia do Sol); 21 de dezembro de 2013 (01h39)

Pela madrugada encontrei o caminho que me levará ao sonho.
Esse caminho passa pelas ondas,
Morada das sereias celestes e das fadas marinhas.
Do abismo chegarei aos paraísos mágicos
E no firmamento plantarei as minhas quimeras
-­ Guardiãs dos segredos e dos elementos,
Das alegrias e dos tormentos.
Serei o bravo marujo sem porto ou sem medo
E nas ondas que cavalgo como centauro de sal,
Esfinge aquática e verde abissal.
Serei o bravo marujo
A seguir minha trilha infinita que levará aos sonhos.

Colar de Diamantes

Colar de Diamantes
(para Diana e Lilian)

Vera Cruz (Praia do Sol); 21 de dezembro de 2013 (01h15)

As nuvens são um cobertor de lã que envolve a Lua
E tece o luar - escada prateada onde subirei ao céu.
E ao subir pelo firmamento,
Recolho as estrelas como pérolas
Em que farei um colar de marfim
Para enfeitar o sorriso da minha bem amada.
Recolherei Antares e Aldebarã,
Supernovas e quasares de diamantes.
Pesco com meus versos esses sorrisos etéreos,
Escondidos no cobertor de nuvens a envolver minha bem amada…

Biblioteca do Bardo Celta (Leituras recomendadas)

  • Revista Iararana
  • Valenciando (antologia)
  • Valença: dos primódios a contemporaneidade (Edgard Oliveira)
  • A Sombra da Guerra (Augusto César Moutinho)
  • Coração na Boca (Rosângela Góes de Queiroz Figueiredo)
  • Pelo Amor... Pela Vida! (Mustafá Rosemberg de Souza)
  • Veredas do Amor (Ângelo Paraíso Martins)
  • Tinharé (Oscar Pinheiro)
  • Da Natureza e Limites do Poder Moderador (Conselheiro Zacarias de Gois e Vasconcelos)
  • Outras Moradas (Antologia)
  • Lunaris (Carlos Ribeiro)
  • Códigos do Silêncio (José Inácio V. de Melo)
  • Decifração de Abismos (José Inácio V. de Melo)
  • Microafetos (Wladimir Cazé)
  • Textorama (Patrick Brock)
  • Cantar de Mio Cid (Anônimo)
  • Fausto (Goëthe)
  • Sofrimentos do Jovem Werther (Goëthe)
  • Bhagavad Gita (Anônimo)
  • Mensagem (Fernando Pessoa)
  • Noite na Taverna/Macário (Álvares de Azevedo)
  • A Casa do Incesto (Anaïs Nin)
  • Delta de Vênus (Anaïs Nin)
  • Uma Espiã na Casa do Amor (Anaïs Nin)
  • Henry & June (Anaïs Nin)
  • Fire (Anaïs Nin)
  • Rubáiyát (Omar Khayyam)
  • 20.000 Léguas Submarinas (Jules Verne)
  • A Volta ao Mundo em 80 Dias (Jules Verne)
  • Manifesto Comunista (Marx & Engels)
  • Assim Falou Zaratustra (Nietzsche)
  • O Anticristo (Nietzsche)