Sua Majestade, O Bardo

Minha foto
Valença, Bahia, Brazil
Escritor e Professor de Literaturas Anglófonas. Autor do livro "Estrelas no Lago" (Salvador: Cia Valença Editorial, 2004) e coautor de "4 Ases e 1 Coringa" (Valença: Prisma, 2014). Licenciado em Letras/Inglês pela UNEB-Campus Salvador. Falando de mim em outra forma: "Aspetti, signorina, le diro con due parole chi son, Chi son, e che faccio, come vivo, vuole? Chi son? chi son? son un poeta. Che cosa faccio? scrivo. e come vivo? vivo."

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Ricardo Vidal ganha terceira menção honrosa no Concurso de Poesia da ALER

======================================

Ricardo Vidal ganha terceira menção honrosa no Concurso de Poesia da ALER

O escritor valenciano Ricardo Vidal, 31 anos, receberá, no próximo dia 07 de novembro, na cidade de Nazaré, a menção honrosa do IV Concurso de Poesia da Academia de Letras do Recôncavo. É a terceira vez seguida que ele ganha este prêmio no concurso da Academia. O poema premiado de Vidal chama-se "Estrela de Nove Meses".

"O que me deixa feliz não é o aspecto da realização pessoal, mas a oportunidade de levar o nome de minha cidade para o mais alto cumes da glória. Isso, em um ano de sucesso: participação na Bienal de Livros, trabalho, etc." Comentou Ricardo Vidal.

A comissão julgadora foi composta pelos acadêmicos Lita Passos, que a presidiu, Danilo Evangelista dos Santos, Judite Barros, Manoel Borges dos Santos e Marilene Oliveira Andrade. Os três primeiros colocados foram Pedro Silva Braz, Yasmim Manatta Camardelli e Antônio Carlos de Oliveira Barreto, respectivamente. A poetisa valenciana Amália Grimaldi também foi agraciada com a menção honrosa.

ANO DE SUCESSO – A menção honrosa veio em um ano produtivo na vida de Ricardo Vidal. Em fevereiro e março, foi um dos artistas que ajudou a organizar as primeiras edições da "Ocupação Cultural". Em abril, participou da Bienal de Livros da Bahia, declamando seus versos na Praça de Poesia e Cordel. Em julho e agosto, teve quatro textos escolhidos para participar das antologias da editora carioca Câmara Brasileira de Jovens Escritores (CBjE), sendo que um dos textos evoca as lendas da construção da Igreja de Nossa Senhora do Amparo. Além disso, está escrevendo seu segundo livro, que deverá ser lançado no meio do ano que vêm.

No plano de pessoal, trabalhou na Secretaria de Educação do Estado da Bahia (na Coordenação de Tecnologia, Novas Mídias e Educomunicação) como Coordenador de Educação Estadual IV durante seis meses. Atualmente trabalha na Assessoria de Comunicação Social da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia como designer. No final do ano concluirá o curso de Letras na UNEB.

Ricardo Vidal publicou em 2004 seu primeiro livro de poemas, "Estrelas no Lago". Participou das antologias "Sensualidade em Prosa e Verso", "Novos Talentos de Contos Brasileiros", "Livro de Ouro do Conto Brasileiro", "Antologia de Contos Fantásticos", "Panorama Literário Brasileiro", "Antologia de Contosi de Autores Contemporâneos" e "Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneos" (editadas pela CBjE) e "Quase Escritores 1994" (editada pelo Educandário Paulo Freire), além de colaborar esporadicamente com o jornal "Valença Agora" com poemas e artigos. Também mantém o blogue "Castelo do Bardo Celta" (www.bardocelta.blogspot.com) – que já foi visitado por mais de 2.800 pessoas do mundo, inclusive por norte–americanos, espanhóis e cabo-verdianos.

Nenhum comentário:

Biblioteca do Bardo Celta (Leituras recomendadas)

  • Revista Iararana
  • Valenciando (antologia)
  • Valença: dos primódios a contemporaneidade (Edgard Oliveira)
  • A Sombra da Guerra (Augusto César Moutinho)
  • Coração na Boca (Rosângela Góes de Queiroz Figueiredo)
  • Pelo Amor... Pela Vida! (Mustafá Rosemberg de Souza)
  • Veredas do Amor (Ângelo Paraíso Martins)
  • Tinharé (Oscar Pinheiro)
  • Da Natureza e Limites do Poder Moderador (Conselheiro Zacarias de Gois e Vasconcelos)
  • Outras Moradas (Antologia)
  • Lunaris (Carlos Ribeiro)
  • Códigos do Silêncio (José Inácio V. de Melo)
  • Decifração de Abismos (José Inácio V. de Melo)
  • Microafetos (Wladimir Cazé)
  • Textorama (Patrick Brock)
  • Cantar de Mio Cid (Anônimo)
  • Fausto (Goëthe)
  • Sofrimentos do Jovem Werther (Goëthe)
  • Bhagavad Gita (Anônimo)
  • Mensagem (Fernando Pessoa)
  • Noite na Taverna/Macário (Álvares de Azevedo)
  • A Casa do Incesto (Anaïs Nin)
  • Delta de Vênus (Anaïs Nin)
  • Uma Espiã na Casa do Amor (Anaïs Nin)
  • Henry & June (Anaïs Nin)
  • Fire (Anaïs Nin)
  • Rubáiyát (Omar Khayyam)
  • 20.000 Léguas Submarinas (Jules Verne)
  • A Volta ao Mundo em 80 Dias (Jules Verne)
  • Manifesto Comunista (Marx & Engels)
  • Assim Falou Zaratustra (Nietzsche)
  • O Anticristo (Nietzsche)